Após STF, procuradores são obrigados a desistir de aumento

O Conselho Superior do Ministério Público Federal acaba de anunciar que vai retirar a proposta de reajuste de 16% no salário dos procuradores para o ano que vem.

Não tiveram alternativa depois que o STF rejeitou ontem aumentar os salários dos próprios integrantes da Corte, que são o teto do funcionalismo público.

A decisão do STF simplesmente inviabilizou o reajuste dos procuradores.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

© 2017 - O ANTAGONISTA Todos os direitos reservados