Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Procuradores se solidarizam com 11 integrantes da Lava Jato do Rio

O CNMP decidiu nesta terça-feira (19) instaurar processo administrativo disciplinar (PAD) contra onze procuradores da força-tarefa
Procuradores se solidarizam com 11 integrantes da Lava Jato do Rio
Reprodução/Canal MPF

Um grupo de 37 procuradores federais e estaduais do Ministério Público divulgou nota, nesta quinta-feira (21), em solidariedade a membros da extinta força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro, por conta da abertura de procedimento disciplinar pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) na terça-feira (19).

O CNMP decidiu instaurar processo administrativo disciplinar (PAD) contra 11 integrantes da Lava Jato. Por 8 votos a 3, os conselheiros acolheram representação do corregedor-nacional do MP, Rinaldo Reis, que está com sua recondução ao cargo parada no Senado.

“Ser membro do Ministério Público é representar a sociedade, com serenidade, na promoção da Justiça, e na defesa da lei, e os citados colegas nada de diferente fizeram no episódio, no qual limitaram-se, de forma absolutamente legal, a cumprir corriqueira obrigação constitucional de dar publicidade à atuação de um órgão de estado”, dizem os procuradores em trecho da nota.

Os procuradores afirmam na nota que “a injustiça dói, ademais a quem é atingido cumprindo seu dever, e tanto se dedicou a recuperar o estado e a coisa pública. Que tenham a certeza de que a dor que sentem é também sentida por seus colegas espalhados pelas unidades do MPF em todo o Brasil. Não estão, e não estarão sós. A Justiça prevalecerá.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO