ACESSE

Procuradores do trabalho contra Hang apagam postagens partidárias

Telegram

Na semana passada, Luciano Hang apresentou à Justiça do Trabalho laudo identificando a militância esquerdista de cinco dos sete procuradores do MPT que o acusam de coação de funcionários durante a campanha.

Nesta semana, o perito em crimes virtuais Wanderson Castillo percebeu que todos apagaram das redes sociais seus rastros de militância.

Mas o print é eterno.

Laudo aponta ‘militância esquerdista’ de procuradores que cobram 100 milhões da Havan

Joice Hasselmann: ela quer ser a capitã do novo governo. Leia AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 121 comentários