Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Procuradoria cobra R$ 3 bi de Geddel, Cunha e mais 15 por fraudes na Caixa

A força-tarefa da Operação Greenfield apresentou quatro ações de improbidade contra Geddel Vieira Lima, Eduardo Cunha, Henrique Eduardo Alves e mais 14 pessoas.

Ao todo, o MPF cobra deles R$ 3 bilhões para reparação de danos causados à Caixa e ao FGTS.

As ações, movidas na esfera cível, se referem a fatos que chegaram a ser denunciados pela Procuradoria na esfera criminal –como propina e lavagem de dinheiro– e visam recuperar os alegados prejuízos ao banco.

Delatores como Lúcio Funaro e Joesley Batista, entre outros, não foram responsabilizados nas ações civis, já que firmaram acordo de colaboração com o MPF.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO