ACESSE

Procuradoria da Câmara interpela o Nas Ruas por causa de vídeo em que deputados são chamados de "vagabundos"

Telegram

Tomé Abduch e Marcos Bellizia, líderes do movimento Nas Ruas, receberam uma notificação extrajudicial da Procuradoria Parlamentar da Câmara dos Deputados, por causa de um vídeo que viralizou na internet.

No vídeo, os deputados são chamados de “vagabundos”, de não terem “respeito pelo Brasil” e acusados de “destruir” o país, porque querem elevar o Fundo Partidário de 1,7 bilhão de reais para 3,7 bilhões de reais.

Na notificação, a Procuradoria Parlamentar afirma que tais afirmações constituem “crime de desacato”,  porque se trata de conduta que “ataca e menospreza a função pública exercida por determinada pessoa”, além de “humilhar a dignidade e o prestígio da atividade administrativa”.

A Procuradoria dá prazo de até 10 dias para que a interpelação seja respondida — e que a falta de resposta dará ensejo a ações cíveis e criminais.

Quem é a deputada de primeiro mandato que virou "ponta de lança" de Bolsonaro na Câmara. CONFIRA

Comentários

  • Enilze -

    Aguardem! Em breve a última fase do desmonte, a censura à internet, para felicidade de todo o espectro político.

  • Fátima -

    Toffoli fazendo escola. O STF, aquele que deveria honrar a democracia, impôs a ditadura tão condenada nas tribunas. Nao é exagero dizer: não somos mais uma democracia. Nas Ruas, conte com o povo.

  • Antonio -

    Responde o ofício: Vão trabalhar vagabundos!

Ler 100 comentários