Procuradoria denuncia prefeito tucano de São Caetano

A Procuradoria Regional Eleitoral de SP denunciou (acusou formalmente) o prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Jr., e o vice Roberto Vidoski, do PSDB, por caixa dois e organização criminosa, informa a Folha.

Segundo a investigação, os candidatos vitoriosos arrecadaram 54% da receita da campanha por meio de doações dissimuladas. A suspeita é que os tucanos tenham disfarçado a origem de recursos atribuindo-a a laranjas.

Outras sete pessoas foram denunciadas. Até as 14h30, a prefeitura de São Caetano não se manifestou sobre o caso.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Militares? Eu heim! disse:

    Mas não eram só os "petralhas" que roubavam? Os eleitores do Boçalnaro (que antes votavam no PSDB do Aécio) estavam enganados. Tem ladrão em todos os partidos.

Ler comentários
  1. A verdade tarda mas não falha disse:

    Dois perfeitos idiotas. Usar a própria gráfica do vice (GDA) para emitir NFs de Serviços não realizados e/ou superfaturados, é o cúmulo da cara de pau.

  2. Denuncia ?? disse:

    Que coisa mais preliminar, mais precoce... Avisem quando ele for cassado.