ACESSE

Professora alemã nega que Decotelli tenha obtido apoio de empresa para pesquisa

Telegram

A professora emérita Brigitte Wolf, da Universidade de Wuppertal, contou à TV Globo que Carlos Alberto Decotelli não obteve apoio da empresa Krone para fazer uma pesquisa na Alemanha, conforme consta no Lattes do ministro.

O currículo do ministro diz: “participou de um projeto de pesquisa, em parceria com pesquisadora da Bergische Universitat Wuppertal, na Alemanha, com título Sustentabilidade e Produtividade na Automação de Máquinas Agrícolas, pesquisa na qual teve apoio da empresa Krone (www.krone.de)”.

“Mas a empresa Krone não mostrou interesse em cooperar com Carlos Decotelli no projeto que ele propôs. Depois que a empresa negligenciou o projeto, Carlos Decotelli mudou de assunto, voltou ao Brasil e continuou sua pesquisa no Brasil”, contou a professora Wolf à TV Globo.

A Krone é uma empresa de máquinas pesadas com sede em Spelle, no oeste da Alemanha.

Leia mais: A guinada de Bolsonaro para ficar no poder

Comentários

  • DAISY -

    Que vergonha! A ambição de se mostrar superior ao que, de fato, era - visando impressionar quem o cercava - acabou se tornando uma desmoralização completa. Melhor se aposentar...

  • AUGUSTO -

    Como se já não bastasse sermos pária do planeta nessa pandemia, vem agora esse esse "ASNO" nos empurrando um Min. da Educação mentiroso, que pelas mentiras contadas nem deve ter graduação!!!hahaha!!!!

  • MARCO -

    Desculpe-me Alemanha, terra de Goethe, minha vergonha é alheia.

Ler 32 comentários