ACESSE

Programa em que Bolsonaro fala com pessoas que não existem não existe, diz Secom

Telegram

A Secretaria de Comunicação Social do Planalto (Secom) divulgou nota dizendo que o vídeo “Alô, Presidente”, publicado nesta quarta (1º) nas redes sociais de Jair Bolsonaro, é “uma peça-piloto inacabada que não deverá ser veiculada, não possuindo, portanto, caráter oficial”.

“De todo modo, a fim de sanar qualquer tipo de distorção dos fatos, o vídeo foi retirado do ar”, acrescenta a Secom.

No vídeo, o presidente conversa com pessoas identificadas como dona Maria Eulina e Francisco Valmar, que aparentemente não existem —suas imagens foram retiradas de bancos de fotos na internet.

“Alô, presidente”, como O Antagonista lembrou, é o mesmo nome de um programa de Hugo Chávez, que Bolsonaro já disse admirar.

Leia mais: Um amigo aconselhou Bolsonaro a renunciar. O presidente resiste. E tem um plano para ir até o fim

Comentários

  • Ota -

    AHAHAH! Só fazem besteira.

  • Sergio -

    Ninguém vale nada nesse desgoverno. Uma palhaçada atrás da outra.

  • Marcus -

    Triste realidade... país sem rumo...

Ler 94 comentários