ACESSE

Projeto das fake news: 9 dos 10 senadores do Podemos votarão contra

Telegram

Alvaro Dias, líder do Podemos, divulgou uma nota dizendo que 9 dos 10 senadores da bancada votarão contra o polêmico projeto das fake news, que está pautado para esta terça-feira.

O Antagonista apurou que a senadora Rose de Freitas não participou da reunião do partido sobre o assunto e, por isso, não é possível falar em “fechamento de questão”.

“Queremos legislação competente precedida de amplo debate com a sociedade. A despeito do esforço e competência de senadores, é impossível, limitados por esse sistema remoto de deliberação, oferecermos lei capaz de combater o crime cibernético e preservar a liberdade de opinião, sem estimular a exclusão digital, invadir a privacidade e comprometer a segurança de milhões de brasileiros, além de comprometer o desenvolvimento econômico e a inovação”, diz Dias na nota.

Mais cedo, publicamos as mudanças sugeridas por plataformas e entidades ligadas à internet: leia aqui.

Integrantes do grupo “Muda, Senado” desconfiam de dobradinha Davi Alcolumbre-Dias Toffoli nesse assunto.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato

Comentários

  • ALEXANDRE -

    Esse "projeto" favorece a imprensa partidarizada (que perdeu o monopólio da informação) e políticos velhacos e prejudica as liberdades fundamentais que os cidadãos têm direito...

  • ANTÔNIO -

    Mais uma vez dou parabéns ao podemos.

  • Hermani -

    A liberdade de expressão nas redes socias acabaram com os veículos de comunicação tradicionais, na questão das Fakes News, muitos jornais publicava mentira e depois 24 horas na próxima edição, erramos

Ler 11 comentários