ACESSE

Projeto das fake news que será votado no Senado permite 'robôs do bem'

Telegram

Como noticiamos, os autores do projeto de lei que trata de fake news decidiram fazer alterações no texto, para facilitar a aprovação amanhã, no Senado.

O novo texto define assim “conta automatizada”, ou seja, robôs: “contas geridas por qualquer programa de computador ou tecnologia para simular, substituir ou facilitar atividades humanas na distribuição de conteúdo em aplicações de internet”.

Pela proposta, fica proibido o uso de robôs sem prévia comunicação ao provedor de aplicação e, publicamente, aos usuários.

O texto pondera que a vedação, portanto, “não atinge robôs do bem, que precisam ser rotulados e informados ao usuário”.

Como já registramos, foram retirados do texto os trechos que atribuíam às plataformas, por exemplo, a responsabilidade de moderar conteúdo considerado “desinformativo”.

Os autores preferiram focar, neste novo texto, “no combate a robôs, contas inautênticas, respeito a liberdade de expressão e transparência”.

Leia também: BOLSONARISTAS NA MIRA DO STF

Comentários

  • Paulo -

    Robô do bem é demais, esse país é o fim do mundo

  • Marcia -

    Robôs do bem, pra quem? Quem vai decidir o q é bom pra mim?

  • Carlos -

    Não existe a possibilidade do WhatsApp guardas as mensagens trocadas em servidores pois não existe a persistência destes dados

Ler 33 comentários