ACESSE

Projeto de lei no RS dá desconto no rodízio para quem fez redução do estômago

Telegram

A Comissão de Economia da Assembleia Legislativa gaúcha aprovou ontem projeto de lei que obriga restaurantes, bares e similares que servem rodízio a conceder desconto mínimo de 30% para as pessoas “que tenham o estômago reduzido através de cirurgia bariátrica ou qualquer outra gastroplastia”.

O texto, de autoria de Franciane Bayer (PSB), deixa claro que não vale para “buffet a quilo, lanches e bebidas”. Também prevê multa no valor de um salário mínimo ao restaurante que descumprir a norma.

O deputado estadual Fábio Ostermann (NOVO) rebateu no Twitter: “Setor é um dos mais afetados pela pandemia e vai ter que enfrentar mais essa agora”.

E acrescentou: “seguimos vigilantes tentando trazer um pouco de razoabilidade para as discussões no parlamento”.

Como o texto foi aprovado em comissão, seguiu para votação no plenário da Assembleia gaúcha.

Leia mais: CRUSOÉ CENSURADA: VOCÊ SEM DIREITO À INFORMAÇÃO QUE IMPORTA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 35 comentários