Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Projeto de Lira mantém poder sobre fatia bilionária do Orçamento

Presidente da Câmara quer usar texto que amplia transparência (e olhe lá) para aprovar medida no Congresso e usá-la em acordo com o STF
Projeto de Lira mantém poder sobre fatia bilionária do Orçamento
Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Um dia depois de o STF mandar suspender a execução das “emendas de relator”, começou a circular entre os deputados o texto de um projeto de resolução elaborado pela Mesa da Câmara com o objetivo de manter o controle sobre as verbas bilionárias, informa a Folha.

A ideia é que a proposta de Arthur Lira seja aprovada nas próximas semanas em sessão do Congresso e sirva como objeto de negociação para que o STF libere a execução das emendas.

Segundo o jornal paulistano, o texto que começou a circular entre os deputados trata só de mudanças na questão da transparência, válidas apenas daqui em diante. Não mexe nas emendas de relator de 2020 e 2021 nem muda o atual poder do governo e da cúpula do Congresso de privilegiar determinados deputados em detrimento de outros.

Como publicamos mais cedo, o presidente da Câmara, que está em Lisboa, defendeu nesta quinta-feira (11) a “transparência” de seu projeto e alegou que é importante dar uma chance ao Parlamento “em vez de se criticar o que tecnicamente não se conhece”.

Parafraseando Lampedusa em O Leopardo: Arthur Lira e seus pares querem “mudar” para que tudo permaneça exatamente como está.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO