A propaganda da propina

O marqueteiro Renato Pereira contou que Luiz Fernando Pezão recebeu clandestinamente 5 milhões de reais da Andrade Gutierrez.

Em seu relato à PGR, obtido por O Globo, ele disse que o dinheiro foi lavado por duas agências de publicidade, Propeg e NBS.

Propeg e NBS foram duas das maiores beneficiárias de contratos publicitários durante o governo de Dilma Rousseff (releia aqui e aqui, por exemplo).

O esquema do PMDB carioca é o mesmo do PT federal.

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Tinha que fazer uma grande investigação nas agências de publicidade. Elas estão sempre envolvidas em lavagem de dinheiro e corrupção. Tem que desconfiar de tanto dinheiro gasto por governos com publicidade. Aí tem!!!!!

Ler mais 7 comentários
  1. Tinha que fazer uma grande investigação nas agências de publicidade. Elas estão sempre envolvidas em lavagem de dinheiro e corrupção. Tem que desconfiar de tanto dinheiro gasto por governos com publicidade. Aí tem!!!!!

    1. Fernando Barros.

      A propeg lava dinheiro pros politicos desde a epoca de ACM. A familia criou um verdadeiro imperio. Empresa de Propaganda, Empresa de Logistica, Haras de Mangalarga Marchador, Fazenda de gado no Para, Avioes, Lanchas, etc.

      MP da Bahia eu nao sei nao viu!

  2. Carmem Lucia destruiu o STF, ela tirou a competencia do STF de julgar políticos e entregou essa capacidade para os bandidos. Essa mulher é uma advogada despreparada a serviço dos quadrilheiros.