Propina de Dilma no Caribe é delatada

Vai dormir, Dilma Rousseff.

O Estadão acabou de informar que o juiz Sergio Moro homologou nesta sexta-feira os acordos de delação premiada dos três executivos que montaram o “banco da propina” da Odebrecht, no Caribe.

Foi o banco da propina que transferiu para a conta da propina de João Santana a propina que a Odebrecht pagou para Dilma Rousseff.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200