Propina era compromisso na Odebrecht

Mesmo com a Lava Jato em plena atividade, o setor de propinas da Odebrecht só foi encerrado em 2015, após quitar “alguns compromissos”, segundo Luiz Eduardo Soares relatou a Herman Benjamin no TSE.

É claro que, depois que Sérgio Moro, Deltan Dallagnol e companhia apareceram, o propinoduto foi operado “com menos volúpia”, segundo o Estadão.

Faça o primeiro comentário