Propina peemedebista rastreada

A Lava Jato rastreou pagamentos de propina do lobista Milton Lyra à cúpula do PMDB do Senado, “nomeadamente Eunício Oliveira, Renan Calheiros, Romero Jucá, Valdir Raupp e Edison Lobão”, disse a Veja.

De acordo com procuradores, “há indícios de que esse grupo de senadores do PMDB tenha se beneficiado de desvios de dinheiro da construção da usina hidrelétrica de Belo Monte e de fraudes nos investimentos realizados pelo Postalis”.

Faça o primeiro comentário