ACESSE

Proposta para militares pode chegar ao Congresso antes do prazo

Telegram

Rogério Marinho, secretário especial de Previdência, disse ao Estadão que o projeto que muda as regras de inatividade dos militares pode ser enviado ao Congresso antes de 20 de março.

O período de 30 dias estabelecido pelo governo para preparar o projeto havia desagradado os parlamentares.

“A votação do projeto dos militares é mais célere, depende do ritmo que o Congresso quiser dar”, afirmou.

O governo Bolsonaro completou seu primeiro mês e já existem alguns conflitos internos no Planalto. Veja aqui!

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 8 comentários