Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Provas contra Serra completam um ano lacradas por decisão do STF

Uma liminar de Dias Toffoli suspendeu duas investigações que miravam o senador relacionadas a supostos pagamentos de propina da Odebrecht e da Qualicorp
Provas contra Serra completam um ano lacradas por decisão do STF
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Dados da quebra dos sigilos bancário, fiscal e telemático obtidos pela Operação Lava Jato durante uma investigação que mirava José Serra estão há um ano lacrados na Justiça Federal de São Paulo por decisão do STF, diz a Crusoé.

Foi no dia 29 de julho do ano passado que o então presidente do Supremo, Dias Toffoli, concedeu uma liminar suspendendo duas investigações sobre o senador tucano relacionadas a supostos pagamentos de propina da empreiteira Odebrecht e da empresa de saúde Qualicorp.

“Como mostrou Crusoé, na véspera da liminar de Toffoli, que mandou lacrar tudo o que a Lava Jato havia obtido na investigação contra Serra, os procuradores da força-tarefa haviam solicitado ao juiz do caso o compartilhamento de e-mails trocados entre o tucano e Gilmar Mendes para que a Procuradoria-Geral da República questionasse a suspeição do ministro do STF para julgar o senador por causa da relação de “intimidade” entre eles. Por causa da liminar de Toffoli, o pleito da Lava Jato nunca foi adiante.”

Leia mais aqui. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO