PSDB aposta em "campo político contra os extremos"

PSDB aposta em “campo político contra os extremos”
Foto: Governo do Estado de São Paulo

O presidente do PSDB em São Paulo, Marco Vinholi, disse à Folha que é cedo para falar em articulação envolvendo João Doria, Sergio Moro, Luciano Huck e Rodrigo Maia para 2022.

“Mas você tem um centro democrático que dialoga. Esse campo deve fazer um esforço, sim, para estar junto. O campo político contra o radicalismo, contra os extremos, está se tornando cada vez mais visível no país.”

Quando questionado sobre se Doria abriria mão da cabeça de chapa, Vinholi insistiu:

“É cedo para falar, é algo que vai sendo discutido. Mas, sem sombra de dúvidas, o governador João Doria, governador de São Paulo, com essa estatura, é sempre um nome lembrado.”

Leia também o texto de Mario Sabino “Ninguém quer sair da frente do Brasil”.

Leia mais: Diogo Mainardi: a quarta via
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários
TOPO