PSDB de olho na vaga de Renan

Simone Tebet, a senadora do PMDB do Mato Grosso do Sul que ganhou força durante o processo de impeachment de Dilma Rousseff (mas não só) e aparecia na lista de apostas da sucessão de Renan Calheiros, disse a O Antagonista que não é nem será candidata à presidência do Senado.

“O ano de 2017 será de muitos desafios. O importante é unir forças para ajudar o Brasil a se reerguer.”

Mais cedo, noticiamos aqui que a chance de o PSDB ficar com a presidência do Senado não é mais zero. E aqui que Romero Jucá também nega ser candidato.