Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PSDB decide tirar de 92 recém-filiados direito de votar em prévias

Ofício deve ser entregue ao TSE na manhã desta quarta-feira e é um revés para João Doria, que contava com esses apoios para ser o candidato tucano nas eleições presidenciais
PSDB decide tirar de 92 recém-filiados direito de votar em prévias
Foto: Reprodução/redes sociais

O presidente do PSDB Bruno Araújo e o governador de São Paulo estão em Dubai, para participar da Expo 2020, um megaevento que discute problemas globais. Mas eles devem passar a quarta-feira (se não esta madrugada) se digladiando com uma questão doméstica.

Amanhã cedo o partido deve entregar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um documento requerendo que 92 recém-filiados sejam excluídos da lista de políticos autorizados a votar nas  prévias que acontecem em 21 de novembro.  Eles teriam entrado na legenda depois da data limite para participar das eleições internas.

Essas filiações foram patrocinadas por Doria. Os apoios o ajudariam a ser escolhido como candidato tucano nas eleições presidenciais do ano que vem.

A decisão de barrar os “neotucanos” nas urnas foi tomada em Brasília, no mesmo dia em que o time do governador paulista apresentou sua resposta à impugnação das adesões.

Essa resposta, segundo nota divulgada no final da tarde, alega que essa impugnação não tem “base fática ou jurídica” e seria, portanto, mero movimento político dos aliados do governador gaúcho Eduardo Leite, adversário de Doria nas prévias.

O documento que frustra a equipe de Doria está pronto. Resta ao governador paulista, ou à sua equipe no Brasil, conseguir interceptá-lo antes que chegue ao TSE.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO