ACESSE

PSL acusa advogada de Bolsonaro de receber R$ 150 mil sem prestar serviços

Telegram

A Justiça do Distrito Federal marcou uma audiência de conciliação, com remotas chances de acordo, entre Karina Kufa e os advogados do PSL, informa Luiz Vassallo na Crusoé.

Advogada de Jair Bolsonaro, Karina deixou de defender o PSL em outubro de 2019, quando o partido e o presidente romperam. A sigla a acusa de receber R$ 150 mil por serviços não prestados.

Leia mais AQUI na Crusoé.

Leia mais: Confira o que os jornalistas da Crusoé revelaram ao Brasil em 30 dias

Comentários

  • Carlos -

    Se for verdade as práticas são iguais às do PT.

  • Lenizelima -

    Esse é o governo que vestiu a camisa de combate a corrupção. Ataca a lavajato parceria com centrão

  • Benedito -

    Calma o gado passador de pano diz que não tem corrupção neste enganador desgoverno....pega na mentira...nao interessa se roubou milhão ou 1 centavo...tudo e roubo

Ler 13 comentários