PSOL vai ao CNJ contra desembargadora que ligou Marielle ao CV

Telegram

O PSOL anunciou em seu site que vai entrar com representação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra a desembargadora Marilia Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que acusou Marielle Franco de ser “engajada com bandidos”.

A representação deve ser protocolada no início da semana, segundo o partido.

A desembargadora havia publicado o seguinte comentário no Facebook:

Marilia Castro Neves excluiu o post.

“Eu postei as informações que li no texto de uma amiga”, disse ela à Folha. “A minha questão não é pessoal. Eu só estava me opondo à politização da morte dela. Outro dia uma médica morreu na Linha Amarela e não houve essa comoção. E ela também lutava, trabalhava, salvava vidas.”

Francamente.

Comentários

  • Luna -

    Agora quero assistir de camarote como o PSOL&Cia vão agir caso os executores da tal sejam da favela e defensores dos direitos dos bandidos, falando o português claro. 😇😈

  • Caio -

    A foto dela sentada no colo de um chefão do tráfico é muito sugestiva não sei o que pensar de uma coisa desta no Rio eu não duvido que Marielle esta ligada ao tráfico

  • Andre -

    Kkkkk! O cara cheio de ódio no coração pedindo hunanidade. Nem sabe ler um texto e quer dar uma de bonzao! É muita ignorância!

Ler 178 comentários