ACESSE

PT culpa Dilma pela derrota e posa de vítima de terrorismo cultural

Telegram

Em documento que será submetido à aprovação do seu diretório nacional, o PT afirma que perdeu apoio do eleitorado popular, especialmente no Sul e Sudeste, em parte por conta da política econômica adotada no governo Dilma Rousseff, publica a Folha.

Mas o texto também lamenta a “ocupação de territórios, corações e mentes pela extrema direita, por empresas disfarçadas de igrejas e pelo crime organizado” e pede “um trabalho profissional de reconstrução da imagem” do partido.

“Fomos vítimas de uma campanha de terrorismo cultural, que vai requerer um trabalho longo e paciente de enfrentamento, que começa por entender como o antipetismo se formou, seus diferentes componentes e como enfrentá-los.”

Ou seja: o PT finge não entender que Dilma, assim como Fernando Haddad, é Lula; e que o antipetismo se formou, sobretudo, em razão do cinismo e dos crimes do atual presidiário.

E o PT mostra entender que perdeu o monopólio das narrativas no debate público, mas posa de vítima não das verdades denunciadas sobre o partido, mas de um terrorismo cultural que, em realidade, praticava com mais eficácia contra adversários quando detinha a hegemonia sobre corações e mentes dos brasileiros.

Os generais acompanham as primeiras ações do futuro governo — e não aprovam tudo... LEIA AQUI

Comentários

  • Mair -

    Vítima do lobo mau que comeu todo o dinheiro das crianças e adolescentes restringindo a educação tem que estudar muito para se reinventa resiliência vergonha assumir ser macho e assumir roubei e

  • BhutJolokia -

    = a merda do pt

  • Jaime -

    Gozado, parece que eles se auto incriminaram. Organizações criminosas tem muitas, mas eles são sócios. Se não fossem os incautos, os alienados, os pelegos, já tinham acabado há muito tempo.

Ler 183 comentários