PT e PCdoB separados no Rio?

Repetindo o movimento feito em nível nacional com a candidatura de Manuela D’Ávila, o PCdoB — tradicional linha auxiliar do PT — anunciou na semana passada candidatura própria ao governo do Rio.

O escolhido pelo partido é Leonardo Giordano, vereador em Niterói, registra O Globo.

“Caso a candidatura seja confirmada, será a primeira vez desde 1990 que o PCdoB não estará coligado com o PT para o cargo. O ex-chanceler Celso Amorim é a aposta petista.

Parlamentares do PT dizem terem sido pegos de surpresa com a decisão, já que as conversas entre os dois partidos eram sobre uma chapa única.”

Já a deputada Jandira Feghali não descartou apoio a Amorim, mas defendeu o nome comunista:

“Não significa ruptura ou desunião. Por que o Rio não pode se unir em torno do Giordano?”

Os comunistas, pelo visto, cobram a contrapartida estadual do apoio nacional a Lula.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 14 comentários
  1. A comentarista comunista Mirian Leitão, que se derretia em elogios aos governos petralhas, disse em seu ultimo texto no Globo Online, que a melhor opção para os pobres é a esquerda. Essa idéia de que só a esquerda seria boa para os menos favorecidos é nojenta e asquerosa. 14 anos de lulopetismo, isto é, de governos de esquerda, nos legaram 14 milhões de desempregados e um déficit que levaremos décadas para cobrir, e de quebra, graças a um projeto de poder eterno, a esquerdalha lulopetista patrocinou uma roubalheira jamais vista em nossa História, e quiça do mundo. Finalmente, o programa Bolsa Familia não resolve nada e apenas eterniza nossa miséria. Um governo de esquerda é o pior que pode acontecer para um país.

  2. A canditada do PCdaB, Manuela Davila e zero ou nada são a mesmo coisa. É o mesmo que dizer que o PCdaB não tem candidato/a. É claro que ela não participará, mas se realmente for, fará muito menos votos que o Levy Fidelis. Um fiasco.

  3. Vão afundar juntos .
    Os cariocas vão lembrar das olimpíadas que os ptralhas esbanjaram dinheiro público , roubaram tanto que faliram o estado e quase destruíram o plano Real a economia da nação .

  4. Pois é. Esses dias li um texto do Helio Schwartsman e outro da Miriam Leitão lamentando que a esquerda está perdendo força no Brasil. Conclui que eles endoidaram. A extrema esquerda ficou 14 anos no poder, continua com muito apoio em seus círculos extremistas e vai lançar candidato em tudo que é lugar. Essas ideias obscuras, mofadas, seguem populares, eles não precisam se preocupar
    .
    O que o Brasil nunca teve foram partidos sólidos e fortes que defendessem abertamente privatizações, reduções de impostos, desregulações da burocracia etc. Ideias que enriquecem a sociedade, o livre mercado, essas que nunca tiveram apoiadores no Brasil. Todo país rico tem partidos declaradamente capitalistas liberais.
    .
    Enfim, o resultado está aí

  5. ODIAR a Doutora Carminha é fácil! Os BOLSONARISTAS são mestres nisso.
    Sempre entravam aqui em O Antagonista para malhar a Carminha.
    º
    Pois é…,
    Podem comprar a Revista picaretaça dessa semana, a Carta Capital…
    Carminha está — em close-up! — na capa da Revista Carta Capital, de hoje!
    A Revista diz na manchete da capa que Drª Carminha “fez INJUSTIÇA”.
    º
    HÉ, HÉ, HÉ!
    Todo Bolsonarista dá a mão ao PT sem nem ao menos saber.
    Como é tosco o que Bolsonaristas escrevem. São grotões & ingênuos.
    °
    Puxa-saco do barango e Kitsh PT sem nem
    mesmo enxergar: falam mal de Carminha
    sem sequer refletir a respeito! Dão a mão à
    REVISTA VIGARISTA “CARTA CAPITAL”.

  6. Separados? Não, eles são siameses !
    Apenas de facções criminosas com siglas diferentes…
    Mas o propósito de mamar nas estatais, roubar e atrasar o processo de desenvolvimento do Brasil, é o mesmo !!!

    Lulladrão teu lugar é na prisão !!!