PT e PSDB unidos na vala comum cavada pela Lava Jato

O PT sempre acusou a Lava Jato de ser uma operação que tinha o partido como alvo exclusivo, uma evidente lorota.

A Lava Jato pegou PT, PP, PMDB, DEM, PDT, PR, PSD, Solidariedade, PSC e outros peixes menores. Direita, centro, esquerda, exclusivamente fisiológicos — todo o espectro partidário foi objeto de investigações.

Agora, com a denúncia contra José Serra, a Lava Jato enterra de vez o PSDB de raiz, depois de colocar Aécio Neves em maus lençóis.

Os dois são tucanos emplumados e foram candidatos a presidente da República. Serra em 2002, contra Lula, e em 2010, contra Dilma Rousseff. Aécio em 2014, contra Dilma. Eram rivais dentro do partido.

A Lava Jato os uniu para sempre na vala comum onde jaz Lula. Apesar de se venderem como antípodas, PT e PSDB são irmãos siameses.

Leia mais: O combate à corrupção parece estar sob ameaça mais uma vez no Brasil. Clique aqui para ler na íntegra
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 97 comentários
TOPO