PT não sabe como conter Bolsonaro

A campanha de Fernando Haddad ainda não conseguiu elaborar uma estratégia para reagir ao avanço da “onda conservadora” em apoio a Jair Bolsonaro, afirma a Folha.

Segundo o jornal, os petistas temem que um discurso econômico com apelo para o eleitor mais pobre não seja suficiente para frear a escalada de rejeição ao poste de Lula.

Por enquanto, a ordem no QG de Haddad –já cumprida pelo candidato hoje, como publicamos— é antecipar os ataques a Bolsonaro previstos inicialmente apenas para o segundo turno.

Alguns petistas já vislumbram uma possível derrota na primeira fase da eleição.

Comentários

  • Adriano -

    Saber, eles sabem... Só que não deu certo mandar um "lobo solitário" matar o MITOOOOO....

  • Oliveira -

    Admitam seus crimes, mentiras e projeto de poder, aguardem na cadeia com bom comportamento e partam para as eleições daqui a dez anos sintonizados com o povo conservador, sinceros e arrependidos.

  • Ruy -

    VOTO ÚTIL: BOLSONARO PRIMEIRO TURNO!!! O único capaz de atacar a corrupção e mudar o Brasil, com honestidade e independência. E a verdadeira chance de evitar a "venezuelização".

Ler 141 comentários