PT usa morte de vereadora

O PT aproveitou a morte de Marielle Franco para atacar a missão militar no Rio de Janeiro e fazer campanha eleitoral.

Leia a nota assinada por Gleisi Hoffmann:

“O brutal assassinato da vereadora Marielle Franco, do PSOL, e do motorista Anderson Gomes é um crime que atinge diretamente a cidadania e a democracia. Marielle foi executada no momento em que vinha denunciando os abusos de autoridade e a violência contra moradores das favelas e bairros pobres da cidade, por parte de integrantes de um batalhão da Polícia Militar.

O Partido dos Trabalhadores exige imediata e rigorosa apuração deste crime, que desafia abertamente a política de intervenção federal na área de segurança do Rio de Janeiro.”

 

Comentários

  • Mauro -

    Só neste país uma pessoa reconhecidamente de má índole vira mártir após morte!

  • RAFABALA -

    " QUEM ANDA COM PORCOS COME LAVAGEM !!! "

  • RAFABALA -

    JORNALDEBRASILIA.COM.BR Marielle Franco, vereadora do PSOL, é assassinada no Centro do Rio - Jbr ELISEU MARTINS:- "Nós do PSOL não tomaremos providência nesse caso, pois sabemos que aquele que matou, também é uma vítima da sociedade. Se pedirmos punição para a pessoa que fraquejou nesse sentido, seremos contraditórios. Não há o que fazer. São duas vítimas." E S S A É A E S Q U E R D A ! ! !

Ler 130 comentários