PT usou fundo partidário para bancar campanha 'Lula livre'

Telegram

Levantamento da IstoÉ na prestação de contas do PT de 2018 mostra que o partido usou cerca de R$ 1 milhão do fundo partidário para custear diárias, passagens e outras despesas associadas à campanha pela libertação de Lula.

Foram R$ 230 mil só com voos para Curitiba e São Bernardo do Campo. Entre os beneficiários, estão Dilma Rousseff, Fernando Haddad e outros dirigentes partidários.

A Lei 9.096/95 (Lei dos Partidos Políticos) prevê que o Fundo Partidário seja utilizado apenas em atividades de organização meramente partidárias, não em iniciativas de promoção pessoal de seus filiados.

Comentários

  • Dulcinéia -

    Vamos ver se serão punidos ou colocarão panos quentes sobre o assunto.

  • Francisco -

    qual a diferença deles do PSL, nomeação de embaixador?

  • DAISY -

    Mais um motivo para cassar o PT!

Ler 152 comentários