PTB expulsa ex-prefeito piauiense que admitiu ter roubado

O presidente do PTB no Piauí, João Vicente Claudino, expulsou o ex-prefeito da cidade de Cocal, após ele ter admitido que roubou em sua gestão.

O vídeo foi divulgado por O Antagonista na última segunda-feira: assista aqui.

José Maria Monção, segundo Claudino, agiu como se estivesse em um “campeonato de desvio de dinheiro público”.

O presidente estadual do partido disse ao G1:

“Ele se tornou um réu confesso, se não fez isso em juízo, fez em público. Não estou surpreendido pelas declarações, ele sempre teve esse estilo jocoso, debochado, mas fui pego de surpresa por ele ainda estar filiado. Quando soube, pedi para verificarem, comuniquei ao partido, e por meio de uma comissão provisória, tomamos a decisão da expulsão de imediato, no primeiro dia útil após a declaração. O que ele fez foi como se estivesse em um campeonato de desvio de dinheiro público, querendo saber quem roubou mais.”

Ciro Nogueira estava na convenção partidária na qual o ex-prefeito admitiu os roubos. O senador gargalhou ao ouvir o discurso.

Leia mais: O DNA da corrupção: “Se gritar pega Centrão, não fica um meu irmão”
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 34 comentários
TOPO