Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PTB pede que STF afaste Roberto Jefferson da presidência

Mais cedo, o ex-parlamentar afirmou que não quer ir para a prisão domiciliar e chamou o ministro Alexandre de Moraes de "cachorrão do Supremo"
PTB pede que STF afaste Roberto Jefferson da presidência
Foto: Cézar Feitoza/O Antagonista

Membros do PTB Nacional apresentaram ao Supremo Tribunal Federal um pedido de afastamento do ex-deputado Roberto Jefferson da presidência do partido. A solicitação foi feita dentro de uma ação a que o ex-parlamentar já responde no Supremo e segue no gabinete do ministro Alexandre de Moraes.

Na semana passada, como mostramos, cinco deputados federais e um deputado estadual do PTB foram ao TJ-DF pedir o afastamento de Roberto Jefferson.

Segundo a ação, Jefferson tem incitado a violência, o que extrapola os limites da liberdade de expressão, além de prestigiar a desinformação e atacar frontalmente as instituições democráticas.

“Ou seja, o Presidente do PTB tem se utilizado dos canais de comunicação do próprio partido não como meio de liberdade de expressão, mas sim como instrumento de agressão, de propagação de conteúdo de ódio, subversão da ordem e incentivo à quebra da normalidade institucional e democrática – crimes relativos a honra, ameaça física e ao Estado Democrático de Direito”, dizem os membros na ação.

Os parlamentares dizem ainda que a vice-presidente da legenda, Graciela Nienov, segue a mesma linha do presidente do partido, reproduzindo suas manifestações e cartas com conteúdo ameaçador.  “Além disso, Nienov, ao que tudo indica, vem usando dinheiro público para pagar contas pessoais”, diz a ação.

Mais cedo, Jefferson afirmou que não quer ir para a prisão domiciliar, onde teria de usar tornozeleira eletrônica, e chamou o ministro Alexandre de Moraes de “cachorrão do Supremo“.

Na última semana, o parlamentar disse em vídeo que reza contra o ministro. No vídeo, o ex-deputado segura uma Bíblia, cita diversas vezes Alexandre de Moraes e afirma: “Oro em desfavor de Xandão. Seja vestido com a vergonha e esmague, Pai, a tirania”. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO