Púlpito vazio

“A cúpula do PSL não aprova a tentativa do general Mourão de substituir Jair Bolsonaro nos debates”, diz a Folha de S. Paulo. “A campanha quer o púlpito vazio para lembrar as pessoas de que o titular foi vítima de um ataque.”

Com apenas sete segundos na TV, a campanha de Jair Bolsonaro pode se privar da única chance que tem de aparecer.

Comentários

  • Tania -

    É justo e óbvio que, se o candidato não pode fazer sua campanha pelo motivo de sofrer uma tentativa de assassinato, configurando esse um crime político, o vice tem até a obrigação moral de assu

  • Marçal -

    Queremos Mourão nos debates. Situação impar com solução impar. Afinal, tentaram calar Bolsonaro.

  • Maria -

    A cúpula do PSL é composta de velhos da velha politica. E burros!

Ler 104 comentários