“Puxa-sacos do governo”

O deputado ‘Delegado Waldir’, do PR de Goiás, chegou para participar da sessão na CCJ e descobriu que não é mais titular da comissão. Segundo ele, quem fez a troca são “puxa-sacos do governo”.

Waldir estava disposto a votar pela admissibilidade da denúncia contra Michel Temer.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 15 comentários
  1. “Lixo de Governo”! (irretocável) “Puxa-Sacos do Governo” prefiro trocar para “interlocutores” ou “homens da minha inteira confiança” são as palavras da moda e recentemente adquiriram um vastíssimo significado.

  2. Sou goiano e votei neste Delegado Valdir. Eu e mais de 200 mil goianos. Ele é a maior decepção como representante da população do nosso estado. Não disse a que veio. O Delegado gosta é de holofote, gosta de aparecer. A única lembrança de suas importantes realizações na Câmara foi a soltura de hamsters – para simular ratos – no plenário da CCJ. Gostaria até que um assessor dele me indicasse algum feito dele nestes 3 anos no Parlamento para quem sabe eu mudasse de opinião a respeito deste exibido

  3. Meu deus, essa área de comentários esta nojenta, vou cair fora, nunca mais opinar aqui. Muita gente a favor do banditismo, o brasileiro é seletivo. Nosso país já era, e em 2018 será mais do mesmo, com essa indignação seletiva do brasileirinho médio.

  4. CERTO SEU DEPUTADO… O SENHOR LEU A DENÚNCIA? O SENHOR LEU A DEFESA? ESTÁ COM A MATÉRIA NA PONTA DA LÍNGUA? ESTÁ? ENTÃO PODE RECLAMAR. CASO CONTRÁRIO… PRO FIM DA FILA… PLEASE!!!!

  5. Esse não é aquele deputado que atira com a mão nas suas propagandas? Cômico, mas genuíno. Com ele bandido não tem vez. Apoiou o fora Dilma, apoia o fora Temer.

  6. O Brasil precisa de uma limpa que passa necessariamente pela prisão dos petralhas e dos MAVs do PMDB. Não toleraremos nenhum apoiador do banditismo.

Os comentários para essa notícia foram encerrados.