Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PV e Cidadania aguardam prévias para se unir ao PSDB

Se os tucanos escolherem Eduardo Leite como pré-candidato ao Planalto em 2022, serão grandes as chances de união entre os três partidos
PV e Cidadania aguardam prévias para se unir ao PSDB
Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

Os partidos Cidadania e PV caminham para formar uma federação, nos moldes de proposta aprovada recentemente pelo Congresso.

A formação de uma federação não é um fusão: trata-se de aliança entre duas ou mais legendas que precisa durar, no mínimo, quatro anos. O grupo fica unido, portanto, por pelo menos uma eleição nacional e uma municipal.

A depender do resultado das prévias do PSDB, marcadas para o fim de novembro, a federação poderá incluir os tucanos.

PV e Cidadania torcem pela vitória de Eduardo Leite (foto), com quem lideranças dos dois partidos têm mais afinidade. “Se o João Doria ganhar, ficará mais difícil”, disse uma fonte envolvida diretamente nas negociações, pedindo reserva.

Em dando certo, a federação seria constituída em agosto do ano que vem.

A ideia dos defensores da ideia é “reposicionar a social democracia brasileira”, unindo “liberais, sociais democratas e ambientalistas”. “Seria uma forma de reproduzir a formação do governo da Alemanha”, acrescentou a fonte.

Atualmente, o Cidadania tem como pré-candidato ao Planalto em 2022 o senador Alessandro Vieira. O PV tem participando das conversas para a tentativa de construção de candidatura única da chamada Terceira Via.

Mais notícias
TOPO