Quadrilha quase drummondiana

Eduardo Cunha, delatado, e Lúcio Funaro, delator, ficaram frente a frente em audiência na Justiça Federal, conta o BuzzFeed.

Não se cumprimentaram.

Ambos estavam assistindo ao depoimento de Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa, que delatou os dois.

É quase uma “Quadrilha” –aquela de Drummond. Fábio, que delatou Lúcio, que delatou Eduardo.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Coitado do meliante Cunha. Foi preso antes de sua condenação em 1ª instância, enquanto outros ficam soltos mesmo após condenação.

    1. Ironia só é clara quando não existem petistas e temeristas defendendo seus bandidos de estimação sob argumentos estapafúrdios

Ler mais 11 comentários
  1. Coitado do meliante Cunha. Foi preso antes de sua condenação em 1ª instância, enquanto outros ficam soltos mesmo após condenação.

    1. Ironia só é clara quando não existem petistas e temeristas defendendo seus bandidos de estimação sob argumentos estapafúrdios

  2. ATÉ QUANDO PIVETES do DRÁCULA,
    vocês não vão perceber que LULA ENTROU NA IMUNDICE, mas TEMER E O PMDB é que COMANDAVAM A SUJEIRA há DÉCADAS ANTES.

    NÃO TENHO BANDIDO DE ESTIMAÇÃO (pq diferente dos Mavs do Temer tenho Moral)
    Lula na cadeia,
    Temer na Jaula.
    e quem mais tiver delinquindo
    ..
    NÃO QUERO PIBINHOS engana-trouxa,
    quero JUSTIÇA FEITA.

    1. E o Zé Sarnento é que comandava a “banda”, onde tocam até alguns supremos – hors concours em picaretagem!

  3. Falta alguém pra delatar Temer, DE NOVO! EdgarD seria uma boa. Soube que ele é temente a Deus… Pelo jeito, só na fachada…

    1. Por isso talvez, apenas talvez, o Rio seja a centelha que falta. Em algum momento vai acontecer no andar da carruagem.
      A resiliência desse povo esta no limite…e eles sabem disso! A borracha está esticada no limite…

    2. A única coisa que esses bandidos temem é uma massa ensandecida nas ruas. É rato a se esconder por todo lado.

Os comentários para essa notícia foram encerrados.