“Quando se quer, não faltam quadros qualificados”

É o que diz o Estadão, em editorial.

“Basta ver a equipe econômica do governo federal. É plenamente possível que ocupantes de cargos públicos podem saber o que precisam fazer, e de fato o fazem, em benefício do interesse público. Quando a equipe teve de ser alterada, para atender às regras eleitorais, encontraram-se nomes igualmente responsáveis e comprometidos com o que deve ser feito.”

E mais:

“A população não anseia por santos e heróis. Basta que os cargos públicos sejam ocupados por gente honesta, comprometida com as necessidades do país e disposta a trabalhar. O que se espera é que os partidos ofereçam ao eleitorado candidatos desse tipo e porte. E que o eleitorado se comporte com altivez e dignidade, somente sufragando candidatos competentes e honestos.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. excelente matéria…o que devemos distinguir exigir é a viabilidade de saída do campo das ideias para o campo da prática…da ficção para realidade… Porque estamos fartos da conversinha amigável, principalmente em ano eleitoral

Ler mais 39 comentários
  1. excelente matéria…o que devemos distinguir exigir é a viabilidade de saída do campo das ideias para o campo da prática…da ficção para realidade… Porque estamos fartos da conversinha amigável, principalmente em ano eleitoral

  2. “O que se espera é que os partidos ofereçam ao eleitorado candidatos desse tipo e porte” e perder a boquinha…

  3. O Estadão exagerou. Pode ser gente inteligente e esperta, mas honesta jamais.
    O pessoal do mercado financeiro está enlameado até o pescoço pela corrupção sistêmica. Só que ninguém vai preso. Tudo depende da Lava Jato de Brasília que está emperrada.

  4. Claro q sao bons! Basta ver a solucao q encontram rapidinho: propor aumento de impostos. Fechar a torneira da gastanca, fica sempre pra depois.

  5. Brasileiro , mesmo entre os concursados , os que não tem um pistolão geralmente não ascendem na carreira , há casos que os sérios e honestos são perseguidos ao invés de promovidos .
    O exemplo da Equipe Econômica se refere aos Ministros que além de Meirelles ser Técnico
    teve a liberdade de compôr sua equipe apenas por Técnicos .
    Geralmente o Ministro é um político leigo no assunto , assessorado por técnicos .
    Mas acontece também de ter leigos de cima abaixo , principalmente nas Estatais o Agências Reguladoras , nas embaixadas é de Praxe , cargos comissionados é uma pilantragem total .
    É fácil consertar , mais precisa de um Presidente Honesto , Corajoso e com apoio Popular , Militar e da Classe Produtiva .

  6. Não entendi. Estao falando de funcionários publicos de carreira ou dos que não precisam fazer concurso publico para ocuparem os cargos públicos porque tem envolvimento politico?

  7. O editorial é sensacional. Esse é o espírito que deveria prevalecer. Muito conteúdo e pouca afetação. Precisamos desse tipo de jornalismo. Assim, poderemos ouvir os candidatos com rigor, sem patrulhamento de qualquer ordem, que é o que impera hoje no Brasil. Em lugar de idéias, o que existe é pressão.

  8. Que Júlio Marcelo se candidatasse. Ou fizesse parte de um governo sério e comprometido com ORÇAMENTO.
    Esse moço é um exemplo à ser seguido.

  9. Realmente, começo a pensar que somente santos ou heróis serão capazes de fazer abaixar os juros brasileiros e conter a ganância dos bancos. Agora, se alguém acha que não são necessários tais semi-divindades, talvez esteja descolando uns jurozinhos camaradas de algum BNDES por aí.

  10. Isso é jogo de cena!!
    .
    Todos aqui em bsb sabem que a propina corre solta, com ou sem lava-jato, com nome chique de caixa-dois e ou até caixa-trêis..
    .
    As Banãnias é chique no urtimo!! Propina tem nove de grife!!
    .
    Só usa as aves de rapina de alta plumagem!! E seus vassalos é claro!!
    .
    As vezes eles pegam um pra boi-de-piranha, mas todo mundo sabe quem são!!
    .
    Abaixo os Tucanistas enrrustidos!!
    .
    Viva Lula!! O Maior e Melhor Presidente do Brasil!!
    .
    Lulão vem ai e o bicho vai pegar!!
    .
    Viva Lula!!
    .

    1. O encantador está encarcerado mas seus burros estão bem soltos, vomitando abobrinhas até pelos cotovelos. Lula morreu!

  11. Falando em quadros qualificados….pq o legislativo pode ocupar, sem nenhuma qualificação pra isso, quadros no poder executivo? E a separação de poderes?

  12. Concordo com o texto. Mas algo que nunca ouço se falar no Brasil é a questão salarial. A competitividade para cargos públicos pode deixar a desejar, em comparação com a iniciativa privada, por uma, a meu ver, grande defasagem. Pessoas honestas, bem intencionadas e competentes em suas áreas, não necessariamente deixam por consequente de ter ambições materiais. Será que se pagássemos nossos funcionários adequadamente esses cargos não atrairiam por consequente pessoas talentosas e que não estão dispostas a se corromper. Eu conheci vários profissionais com que trabalhei extremamente competentes e comprometidos, com um salários extremamente defasados. Bons salários, segurança empregatícia e um controle/justiça eficiente é tudo que se precisa para um sistema menos corrompido, na minha opinião.

  13. A Imprensa e até o Governo , o DEM , PSDB , PP . . . acharam que os Ptralhas estavam acabados com o Impeachment e desfizeram a Coalizão , já os ptralhas se juntaram PC do B , REDE , PSOL , PT , PCO , PT do B . . .
    Deveriam primeiro ter esbagaçado as cabeças das Jararacas , para depois se ocuparem com reeleição . . .
    São raposas velhas e corruptas da política , mas a Direita brasileira é fraca , precisamos é de uma boa Extrema Direita , que aja militarmente , que elimine os inimigos do Brasil com extrema eficiência .

  14. O Brasil precisa acabar com o Foro Privilegiado e principalmente com a ESTABILIDADE FUNCIONAL dos servidores públicos!
    Nenhum funcionário público pode ter estabilidade e garantia de trabalho eterno, mesmo trabalhando mal e porcamente!
    O Brasil precisa acabar com essa EXCRESCÊNCIA, informatizar os órgão as públicos, as instituições e EXONERAR pelo menos 1/3 desse pessoal, principalmente os com maiores salários e que estão prestes a se aposentar.
    Os que restarem, deveriam ter 1/3 dos salários cortados e serem submetidos a avaliações funcionais por parte da população.
    Não pode um fiscal de rendas, que só sabe dar carimbo em documento, começar a carreira com salário inicial de R$ 20 mil.
    O mesmo vale para Magistrados, procuradores, promotores, juízes, BC, BNDES, etc…
    BRASIL MODERNO

  15. Nada mais nada menos que o projeto de Governo de Bolsonaro .
    De 40 p/ 15 Ministérios , apenas Técnicos e Especialistas , também nas
    Estatais e Órgãos Governamentais .
    Preparem se Políticos , não vai ter pixuleco , vai ter muito Referendo e Plebiscito
    quem não apoiar as Reformas e Projetos de interesse do Brasil , vai se ver com os Brasileiros .

  16. VAI RESPONDER, HENRIQUE MEIRELES????
    .
    .
    Eu perguntei a Meireles e fui bloqueado! disse: 15 de Abril de 2018 às 16:11
    Gostaria que o “editorialista” do Estadão respondesse a essa reportagem de fevereiro da Folha. https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/02/carf-anula-julgamento-que-livrou-bankboston-de-pagar-divida-a-receita.shtml
    EU PERGUNTEI A MEIRELES E FUI BLOQUEADO!

  17. E aí? VAI RESPONDER OU NÃO, MEIRELES????

    Eu perguntei a Meireles e fui bloqueado! disse: 15 de Abril de 2018 às 16:11
    Gostaria que o “editorialista” do Estadão respondesse a essa reportagem de fevereiro da Folha. https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/02/carf-anula-julgamento-que-livrou-bankboston-de-pagar-divida-a-receita.shtml
    EU PERGUNTEI A MEIRELES E FUI BLOQUEADO!

  18. E aí, Meireles? VAI RESPONDER OU NÃO?
    Eu perguntei a Meireles e fui bloqueado! disse: 15 de Abril de 2018 às 16:11
    Gostaria que o “editorialista” do Estadão respondesse a essa reportagem de fevereiro da Folha. https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/02/carf-anula-julgamento-que-livrou-bankboston-de-pagar-divida-a-receita.shtml
    EU PERGUNTEI A MEIRELES E FUI BLOQUEADO!

  19. A retomada permanece vagarosa, e o desemprego caiu apenas modestamente. O padrão econômico das pessoas parou de piorar, mas não recuperou o nível anterior à recessão. Não se vê agora o otimismo que catapultou FHC à vitória, depois de ter sido o pai do Plano Real.
    .
    Uma condição para que isso possa ocorrer é a manutenção dos ajustes na economia. Grandes projetos, como o da Previdência, estão fora de questão. A dúvida é se Eduardo Guardia terá peso político para aprovar a privatização da Eletrobras. Há também a reforma destinada a simplificar a cobrança do PIS/Cofins, que deverá ser encaminhada pelo governo à votação em breve.
    .
    Uma prova de que não haverá jogo fácil daqui para a frente foram as derrotas sofridas pelo Planalto nas últimas semanas no campo do equilíbrio orçamentário.

  20. Imagina, isso é lá para os países nórdicos de clima e povo frios, aqui onde o sangue latino corre quente em nossas veias tropicais queremos é candidato do povão, que abraça pobre banguela, beija criancinha remelenta, toma café requentado e come pastel pingando óleo. É nóis mano! Aqui é Brasiu!

  21. Duas medidas provisórias caducaram sem ter ido a votação e por isso perderam a validade. Uma delas adiava o reajuste de algumas categorias do funcionalismo e elevava a contribuição previdenciária dos servidores. A outra aumentava a tributação de fundos exclusivos de grandes investidores. Foram derrubados ainda vetos presidenciais a medidas de perdão das dívidas previdenciárias de agricultores e empresários.
    .
    O setor público está com déficit fiscal desde 2014 e deverá continuar assim até 2021. É uma situação inédita nas últimas 3 décadas. “Trata-se de um quadro bastante grave. Se houver uma deterioração ainda maior, a conta ficará mais elevada para o próximo presidente”. Em 3 anos, praticamente todo o orçamento será consumido por despesas obrigatórias, sendo a Previdência a maior delas.

  22. Candidato competente e honesto com chance real de vitória ? Só tem um aí : BOLSONARO

  23. O Estadão tenta tervegisar, mas não adianta, todos os caminhos levam para as propostas e honestidade do BOLSONARO. Até o editor do Antagonistas no fim de semana tenta derrubar Bolsonaro e não adianta. Será nele que o Brasileiro irá votar. Queira a imprensa esquerdopata ou não.

  24. ” ….. somente sufragando candidatos competentes e honestos.”
    COM A URNA ELETRÔNICA SEM IMPRESSORA ?
    É “conversa mole pra boi dormir”.

  25. Vamos vislumbrar algumas opções simples: 1) Você vai tirar uma unha encravada numa clínica… 2) você vai precisar fazer uma obra na sua casa (quebrar uma parede e trocar uns canos)… PERGUNTA: Você contrataria um profissional que não soubesse nada do ofício e que tivesse chegado à profissão por votos? Então porque os destinos da nação estão na mão de beócios desqualificados??? Era preciso criar um curso universitário, com cadeiras como matemática, gestão, administração, economia, mercados internacionais, relações públicas, história do brasil e do mundo, inglês, francês, português, informática, Ciência e tecnologia, programação, diplomacia e outras, com duração de 5 anos. Os aprovados teriam o direito de se candidatar aos cargos públicos em quaisquer níveis. Temos de banir o bronco.

  26. Balela! O Brasil precisará fazer uma ampla e profunda Reforma do Estado, em especial no funcionalismo público nas três esferas de poder, na União, nos Estados e Municípios.
    Funcionários públicos, que são aparbas 1% de toda a população brasileira, causam um rombo de mais de R$ 300 bilhões por ano nas contas públicas. E esse número não para de subir.
    Noventa por certo de todo orçamento público é engessado para o pagamento da folha salarial dos Barnabés e demais burocracias existentes.
    É inviável um sujeito em início de carreira ganhando R$ 20 mil por mês e se aposentando com mais de R$ 30 mil aos 50 anos de idade, enquanto 99% da população se aposentam com 1 ou 2 salários mínimos.
    Em seguida, é preciso reajustar a Tabela do IRPF e reduzir tributos para o Br voltar a ser competitivo!

  27. Vamos vislumbrar algumas opções simples: 1) Você vai tirar uma unha encravada numa clínica… 2) você vai precisar fazer uma obra na sua casa (quebrar uma parede e trocar uns canos)… PERGUNTA: Você contrataria um profissional que não soubesse nada do ofício e que tivesse chegado à profissão por votos? Então porque os destinos da nação estão na mão de beócios desqualificados??? Era preciso criar um curso universitário, com cadeiras como matemática, gestão, administração, economia, mercados internacionais, relações públicas, história do brasil e do mundo, inglês, francês, português, informática, Ciência e tecnologia, programação, diplomacia e outras, com duração de 5 anos. Os aprovados teriam o direito de se candidatar aos cargos públicos em quaisquer níveis. Temos de banir o bronco.

  28. O projeto de lei orçamentária para 2019 mostra que a situação das finanças públicas continua dramática. A Previdência consumirá R$ 758,5 bilhões em 2021, 36% a mais que o esperado para este ano.
    .
    Além da dificuldade para cumprir o teto de gastos, o governo terá problemas crescentes para atender ao dispositivo constitucional que proíbe bancar dispêndios cotidianos com endividamento.
    .
    A conclusão é inescapável. Sem a continuidade das reformas, sobretudo a previdenciária, mas também uma ampla agenda de ajustes do Estado, as contas caminharão para o colapso.
    .
    Nenhum candidato sério poderá ignorar ou esconder essa realidade durante a campanha, sob pena de cometer um novo estelionato eleitoral e pôr em risco sua gestão.

  29. “E que o eleitorado se comporte com altivez e dignidade, somente sufragando candidatos competentes e honestos.”
    TÁ DIFÍCIL.
    NEM PROCURANDO COM LANTERNA NA MÃO.

  30. Gostaria que o “editorialista” do Estadão respondesse a essa reportagem de fevereiro da Folha. https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/02/carf-anula-julgamento-que-livrou-bankboston-de-pagar-divida-a-receita.shtml

    EU PERGUNTEI A MEIRELES E FUI BLOQUEADO!

Os comentários para essa notícia foram encerrados.