Cunha está podendo

Eduardo Cunha disse a O Antagonista que pagou do próprio bolso o churrasco de despedida e que seu salário não foi bloqueado, como pensava o advogado.

“Ele pediu o desbloqueio à Justiça e a decisão foi que não havia o que conceder, pois não havia sido bloqueado.”

Cunha não quis dizer quanto gastou no evento, pois considera que foi ato “privado”.

“O que gastei é absolutamente compatível com o salário recebido e não chega a 10% dele. Tenho nota. É óbvio que um churrasco não pode custar mais caro que um rodízio de churrascaria.”

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200