ACESSE

Quase 90% das delações foram firmadas com investigados em liberdade

Telegram

Gilmar Mendes falou em delações premiadas obtidas nas masmorras.

Foi apoiado por Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski, com críticas ao que, segundo eles, seria uma prática da Lava Jato: deixar os réus presos para obter delações premiadas.

É uma mentira esfarrapada.

Em março, a Lava Jato divulgou seu balanço de quatro anos: 187 acordos foram firmados até hoje, dos quais 84% foram feitos com investigados em liberdade.

Comentários

  • José -

    As nossas "LEIS" já passou da hora de serem revistas.

  • A -

    Não adianta antagonista. Tem algo mais desigual do que submeteram Francinildo? Continuam com o mesmo discurso.

  • Marcello -

    O Senhor dos Tomates só fala besteira, e seus seguidores no STF dizem amém. Lamentável o baixo nível em que se encontra o STF.

Ler 70 comentários