Quase R$ 2 milhões para garantir as videoconferências de Bolsonaro

Quase R$ 2 milhões para garantir as videoconferências de Bolsonaro
Foto: Isac Nóbrega/PR

O Planalto gastará até R$ 1,9 milhão para garantir um sistema de videoconferência que atenderá aos funcionários da Presidência, informa a Época.

“O chefe de Estado necessita de meios de comunicação adequados, independente do local onde se encontre, com segurança e disponibilidade de acesso”, diz o edital.

A Presidência argumentou que o novo sistema permitirá a realização de chamadas por celular.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 12 comentários
TOPO