Quatro a quatro

A votação do TCU sobre as contas de Dilma Rousseff pode terminar empatada em quatro a quatro, segundo O Globo.

Walton Alencar, Benjamin Zymler e José Múcio Monteiro estão mancomunados com o governo independentemente de quantas pedaladas ele der.

Os ministros Augusto Nardes, Bruno Dantas e Raimundo Carreiro “estariam inclinados a opinar pela reprovação, enquanto Ana Arraes e Vital do Rego ainda não deram uma sinalização mais clara sobre seus votos”.

Em caso de empate, a decisão é do presidente do TCU, Aroldo Cedraz. O que se espera é que a investigação da Lava Jato sobre seu filho não influencie seu voto.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO