ACESSE

Que a nota de Bolsonaro sobre as jornalistas da Globo contenha os ímpetos primitivos

Telegram

Ontem, depois que a repórter da Rede Globo Marina Araújo foi feita refém por um desequilibrado mental que queria ver a apresentadora Renata Vasconcellos, o presidente Jair Bolsonaro divulgou um nota para repudiar o ataque às jornalistas.

Foi um gesto civilizado e também calculado: profissionais da emissora têm sido alvos constantes de bolsonaristas que extrapolam os já largos limites dos xingamentos nas redes sociais.

Do roubo de dados pessoais para causar constrangimentos, como os do filho do apresentador William Bonner que foram lançados fraudulentamente na base de beneficiados pelo coronavoucher, a invasões de reportagens ao vivo para gritar palavras de ordem, passando pelo hackeamento do Globoplay e agressões a setoristas dos palácios presidenciais, a coisa vem num crescendo preocupante.

Espera-se que a nota presidencial contenha os ímpetos mais primitivos. Da mesma forma que inflama, Bolsonaro também pode colocar água na fervura.

Leia mais: Brasil precisa dos DADOS REAIS sobre a Covid-19

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 27 comentários