Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Que bom que tem mais gente enxergando a realidade"

Júnior Bozzella, que disse à Crusoé que o atual governo "é o mais corrupto da história", comenta o anúncio da aposentadoria de Gil Castello Branco
“Que bom que tem mais gente enxergando a realidade”
Reprodução/Orla TV

O deputado federal Júnior Bozzella (PSL) comentou com O Antagonista a entrevista de Gil Castello Branco à nova edição da Crusoé, na qual o economista anuncia sua aposentadoria.

Desolado com o atual cenário político do país, o fim da Lava Jato e a possível polarização entre Lula e Bolsonaro, o fundador do Contas Abertas disse que pensa em “pendurar a lupa”.

“Que bom que tem mais gente pensando como eu e enxergando a realidade”, disse Bozzella.

Na semana passada, também em entrevista à Crusoé, o deputado que é ex-aliado de Jair Bolsonaro contou os bastidores da distribuição de R$ 92 milhões do “orçamento paralelo” dentro do PSL e disse que o atual governo é “o mais corrupto da história”. Para Bozzella, o esquema do Bolsolão é “pior que o mensalão”.

Gil Castello Branco também se mostrou preocupado com a situação atual da política em Brasília. Ao acrescentar os possíveis desvios de recursos públicos durante a pandemia, o economista afirmou: “O presidente disse que acabou com a Lava Jato porque não havia mais corrupção. Talvez nós estejamos vivendo a maior corrupção da história do Brasil”.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
TOPO