“Que sobreviva às custas próprias, não tirando dinheiro dos cofres públicos”

Nabhan Garcia, secretário especial de Regulação Fundiária do Ministério da Agricultura, disse à Folha:

“Não haverá mais dinheiro para ONGs escusas. Essa gente realmente tem que estar preocupada. É um direito de qualquer organização não governamental defender interesse de quem ela tem esse propósito, mas muita coisa vai mudar.”

Ele afirmou também:

“O índio tem muitos problemas. O índio precisa ter um assistencialismo real. Não um assistencialismo de dinheiro que vai para ONG e ONG desaparece com esse dinheiro.”

E mais:

“Tem muita ONG que, se quiser sobreviver, vai ter que sobreviver como manda a lei, às custas próprias. Existe uma preocupação de algumas ONGs que estão reclamando… Não vejo um motivo. Talvez seja isso. Ora, já se diz: organização não governamental. Que sobreviva às custas próprias, não tirando dinheiro dos cofres públicos.”

O último golpe de Eunício Oliveira. No seu bolso. Leia mais

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 64 comentários
  1. Os documentários ou algum vídeo sobre índigenas brasileiros,mostram uma produção cinematográfica c/ designe, decoração, e performance, tda arrumadinho, tdo combinando c/ td.Serão índios mesm

  2. Comunistas tem sérios problemas cognitivos. Vejam o caso de levandovisky e renan: conseguiram não entender uma frase da constituição. Com ONG´s era assim: NÃO Governamental mas, Governamental.

  3. Matou a pau. A grande maioria dessas “ONGs” são criações de políticos, amigos de políticos ou laranja de políticos, para drenar o erário. ponto. Suspenda todo pagamento e verifique caso a cas

  4. Ótimo, mas e as ongs estrangeiras que deitam e rolam no Brasil, pagando agentes para propagandearem a agenda do globalismo? Tipo Open Society? Investem muita grana para destruírem nossa democracia

  5. Resta saber se os índios ainda conseguirão sobreviver nas selvas. Muito frio, tem que caçar e preparar a comida, moer farinha, cada de palha tem animais peçonhentos, etc.. Melhor criar o Bolsa-í

  6. A maioria dessas organizações, que se auto denominam ONG’s, são para absorver recursos públicos. Virou “moda” no Brasil e o exemplo sempre veio dos governos anteriores. Viver às custas do paí

  7. Falou e disse! Muitas ONGs só existem para repassar dinheiro para o MST e congêneres para que eles possam infernizar a vida da população que trabalha. As estrangeiras são outro capítulo.

    1. Injusto, como sobreviverá o MST para invadir terras? Eles necessitam destes recursos para destruir fazendas produtivas, centros de pesquisa, etc… Não o fazem na cana de açucar pq pode faltar cach

    1. Aquelas “feministas” com peitos de fora, fazendo sexo e outras coisas no meio da rua, também são desocupadas sustentadas por essas ONG’s. Passou da hora de acabar com essa palhaçada!!

  8. Queremos os nomes dos “BOIS”. Não adianta ser genérico. A sociedade tem direito de saber as razões sociais ou semelhante, quem dirige e à que se destina, quanto já recebeu e o quê produziu.