Que venham os 20 anos

O texto final da PEC do Teto reafirma o prazo de vinte anos de vigência do novo regime fiscal, com a possibilidade de a partir do décimo ano o presidente da República poder mudar “o método de correção” do teto dos gastos.