ACESSE

Queda de Decotelli reacende embate entre militares e ala ideológica

Telegram

A queda de Carlos Alberto Decotelli do MEC inaugura mais uma batalha na guerra que está sendo travada nos bastidores entre as alas ideológica e militar do governo de Jair Bolsonaro, relata André Spigariol na Crusoé.

Os olavistas voltaram a sugerir o nome de Sérgio Sant’Ana, próximo aos filhos do presidente. Integrantes da ala militar, entre outros nomes, colocaram na mesa o de Antonio Freitas, ex-pró-reitor da FGV.

Leia AQUI a íntegra da reportagem.

Leia mais: A guinada de Bolsonaro para ficar no poder

Comentários

  • Flavio -

    Pena(este cara fez mais em 01 dia que o ex em 1 ano e meio)

  • Moso -

    Decoteli tentou levar vantagem na carreira num governo sem apoio de intelectuais da sociedade. Teich e Moro são pontos fora da curva e levaram pontapés pelo talento. Guedes está lá não se sabe porquê.

  • Izolde -

    Petezada agoniada querem que volte a anarquia nas federais.

Ler 47 comentários