Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Queiroga deixou claro que a única diferença entre ele e Pazuello é um diploma de Medicina”

O Estadão, em editorial, diz que o ministro da Saúde se ajoelhou 'diante do altar da seita bolsonarista'
“Queiroga deixou claro que a única diferença entre ele e Pazuello é um diploma de Medicina”
Reprodução/CNN Brasil/Youtube

O Estadão, em editorial, diz que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, está disposto a tudo para se manter no cargo, “inclusive renegar o juramento de Hipócrates e se ajoelhar diante do altar da seita bolsonarista”. 

Ao mandar interromper a vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos contra a Covid-19 sem qualquer razão científica que justificasse a medida, Queiroga deixou claro ao País que a única diferença entre ele e seu antecessor, Eduardo Pazuello, é um diploma de Medicina. A subserviência aos desígnios mais irresponsáveis do presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde de facto, é rigorosamente a mesma do intendente.”

Como mostramos, o presidente Jair Bolsonaro cobrou Queiroga sobre a vacinação de adolescentes depois de acompanhar uma crítica ao vivo no programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO