Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Queiroga é 'absolutamente contrário' à obrigatoriedade do uso de máscara

Durante visita em um hospital de Teresina e acompanhado de Ciro Nogueira, o ministro da Saúde também criticou a instituição do passaporte de vacinação
Queiroga é absolutamente contrário à obrigatoriedade do uso de máscara
Foto: Myke Sena/MS

Em visita ao novo Hospital Materno Infantil de Teresina, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga (foto), disse que é “absolutamente contrário” a leis que obrigam o uso de máscaras e à obrigatoriedade de comprovação de vacina.

“Sou absolutamente contrário [a leis que obrigam o uso de máscara e passaporte de vacinação]. O governo federal defende, primeiro, a dignidade da pessoa humana, a vida, a liberdade. Eu acho que uma lei para obrigar qualquer coisa é um absurdo, porque não funciona. Temos que fazer as pessoas aderirem às recomendações sanitárias”, disse o ministro da Saúde.

“Ficam criando essas cortinas de fumaça para dividir a população brasileira, quando precisamos é de união contra o nosso inimigo, que é o vírus. Passaporte disso, passaporte daquilo. Imagina, senador Ciro, eu com as duas doses e adquiri a Covid. Então, essas medidas não têm essa efetividade. Elas servem mais para dividir do que para unir”, afirmou Queiroga, que estava acompanhado do ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira.

Mais notícias
TOPO