Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Queiroga diz que ministério "sempre foi" melhor referência para dados da pandemia

Imprensa e Conass passaram a contar mortes em reação a Pazuello
Queiroga diz que ministério “sempre foi” melhor referência para dados da pandemia
Reprodução/TV BrasilGov/YouTube

Marcelo Queiroga disse nesta quarta (12) que seu ministério “sempre foi” a melhor referência para dados em relação à pandemia, o que é mentira.

“O Ministério da Saúde é e sempre foi a melhor referência para dados em relação não só à pandemia da Covid-19, mas em relação às outras moléstias que espreitam a nossa sociedade”, disse o ministro, no lançamento da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19.

Na verdade, em junho de 2020, na gestão Pazuello, os dados de mortes acumuladas por Covid desapareceram do Painel Coronavírus, no site do ministério. O site passou a exibir apenas as mortes nas últimas 24 horas.

Antes disso, o painel passou a destacar o número de ‘casos recuperados’, em vez do número de mortes, decisão mantida até hoje.

Reprodução/Ministério da Saúde
Foi em reação a esse comportamento do ministério que parte da imprensa criou o consórcio de veículos, para fazer sua própria contabilidade do número de mortes e infecções. O Conass também lançou seu próprio painel. No começo da pandemia, a imprensa apenas divulgava os números do Ministério da Saúde.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO