Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Queiroga não responde a pergunta sobre adesão mínima ao consórcio Covax

Queiroga não responde a pergunta sobre adesão mínima ao consórcio Covax
Reprodução/OMS/YouTube

Marcelo Queiroga deixou de responder nesta sexta (30) a uma pergunta sobre a adesão mínima do Brasil ao consórcio Covax.

Conduzido pela OMS, o consórcio busca fornecer vacinas contra Covid para entre 10% e 50% da população de cada país participante. No ano passado, o governo Bolsonaro optou pela cota mínima, 10%, o equivalente a cerca de 42 milhões de doses.

Jamil Chade, do UOL, perguntou na coletiva de imprensa organizada pela OMS se a opção pela cobertura de 10% foi um “erro”.

Queiroga disse que o governo ‘tenta achar os melhores caminhos’  e que é preciso fortalecer o sistema de saúde. Mas não respondeu ao que foi perguntado.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO