Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Queiroga prefere Butanvac à Coronavac

Ministro da Saúde disse que produção da Butanvac é totalmente nacional, custa menos e que no último trimestre outras vacinas estarão disponíveis
Queiroga prefere Butanvac à Coronavac
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Na CPI da Covid, Marcelo Queiroga foi questionado sobre a demora em contratar o Butantan para comprar mais 30 milhões da Coronavac para o último trimestre deste ano, além das 100 milhões já encomendadas. Disse que prefere a Butanvac.

“A oferta da Coronavac, dessas 30 milhões, ocorreriam no último trimestre, época em que teríamos muitas vacinas. Conversei ontem com Dimas Covas e, em vez de trabalhar com 30 milhões [da Coronavac], por que já não faz acordo visando 30 milhões de Butanvac, já que a Butanvac já tem pesquisa pré-aprovada pela Anvisa?”, disse.

Questionado sobre os motivos para dar preferência à Butanvac, afirmou:

“Acho que a deve apostar numa vacina nacional. Vai sair por um custo menor, é uma promessa na tecnologia brasileira, de desenvolvimento do complexo industrial da saúde. Apesar de entendermos que a Coronavac é uma boa vacina, já surgem questionamentos acerca de sua efetividade, mas não quero adentrar em conhecimento mais definitivo, porque falta evidência. Mas por uma estratégia, o Ministério da Saúde pensa que investir na Butanvac seria melhor opção, sem prejuízo de podermos adquirir essas 30 milhões de doses da Coronavac também”, disse.

Afirmou que a Coronavac seria uma boa opção se fosse disponibilizada de julho a agosto, “período que a gente tem dificuldade”. No último trimestre, acrescentou, terá doses suficientes da Pfizer e da AstraZeneca.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO